CFCCT recebe edição do Black Meeting durante a madrugada

CFCCT recebe edição do Black Meeting durante a madrugada

Evento de afirmação da identidade negra acontece neste fim de semana

O prefeito regional de Cidade Tiradentes, Ozziel Souza, comenta a 13° edição da Black Meeting, que acontece neste sábado, 28 de outubro no CFCCT. Pela primeira vez, o evento começa às 22h e termina às 05h de domingo. Trata-se do primeiro evento realizando em um equipamento público da cidade de São Paulo com programação durante a madrugada, fora da Virada Cultural. A atividade conta com apoio da Prefeitura Regional de Cidade Tiradentes e a Black Meeting, coletivo do território contemplado pelo Programa VAI (Valorização de Iniciativas Culturais  da Prefeitura de São Paulo).

CFCCT – Fale um pouco sobre a atividade?

Ozziel Souza – “É algo diferente pra juventude de Cidade Tiradentes. Temos vários equipamentos de cultura no Bairro e o CFCCT está fazendo a diferença, trazendo coisa nova, inovando em sua dinâmica. É um (ato de) entretenimento para os jovens e o espaço comporta um evento como esse, pela estrutura e pela localização. Essa é uma atividade diferenciada para a população, traz essa opção, mas com muita organização. É uma ação integrada da Prefeitura Regional com o Centro de Formação Cultural, com as secretarias de Cultura e Inovação.

CFCCT – Qual a importância de um evento como este para a Cidade Tiradentes?

Ozziel – Temos uma população jovem grande aqui no bairro, o Centro de Formação Cultural já é uma referência para muitos desses, e uma opção noturna. O jovem gosta de ficar até mais tarde acordado em atividades culturais e como há pouca oferta de opções de lazer no período da madrugada, o CFCCT se torna mais uma opção para o juventude de Cidade Tiradentes.

CFCCT – Também trata-se de uma iniciativa pioneira na cidade de São Paulo.

Ozziel – É um avanço para o bairro. Vocês (do CFCCT) estão de parabéns pela iniciativa e isso dentro da região Macroleste, extremo leste é a primeira atividade desse tipo num equipamento público. É algo que pode ser um projeto piloto para outros espaços e para as casas de Cultura que futuramente podem  oferecer atividades noturnas para a juventude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *