O Centro de Memória

CENTRO DE MEMÓRIA CFCCT

Maior conjunto habitacional da América Latina aproximadamente 250 mil habitantes, Cidade Tiradentes tem muita história pra contar. Pensando nisso, foi projetado no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (CFCCT), um espaço para constituição de acervo e documentação da história do bairro.

Trata-se do Centro de Memória, sala localizada mo piso térreo, com objetivo de desenvolver atividades de pesquisa, promover debates e seminários referentes ao assentamento urbano, à produção cultural local, à situação ambiental, ao trabalho e à vida social da comunidade, entre outras atividades.

O primeiro passo no processo de resgate da memória do território foi a exposição “Cidade Tiradentes Memória Viva”. Idealizada pelo Instituto Bixiga, a mostra contou com murais expositivos relatando a história do bairro, desde o surgimento do bairro até sua consolidação como conglomerado habitacional. O Instituto Bixiga também realizou o curso “Cidade Tiradentes Memória Viva”, que discutiu a memória e história do território, com palestrantes, debatedores e convidados.

Vale ressaltar que a história de Cidade Tiradentes se confunde com a história dos movimentos de moradia popular na periferia de São Paulo a partir dos anos 1970. O bairro é marcado pela intensa mobilização de seus moradores e busca de melhorias e direitos sociais.

O Centro de Memória do CFCCT também recebeu a exposição “Retrato Falado”, idealizada pelo Coletivo Instituto Du Gueto, que uniu fotografia e poesia para reproduzir um olhar único sobre o bairro.

O espaço fica aberto de segunda à sábado das 10h às 18h. Visitas monitoradas e atendimento a escolas e grupos fechados podem ser agendados através do telefone 3343-8900 ou pelo email programacaocfcct@gmail.com.