História

No ano de 2004 a prefeitura de São Paulo assina um convênio com o governo da região de Ilê-de-France que previa recursos para a execução de termos de cooperação técnica nas áreas da saúde, desenvolvimento econômico e social e na área cultural.

A partir de 2005 consolidou-se a modalidade de convênio específica na área da cultura, prevendo a realização de intercâmbio artístico-cultural com artistas, produtores culturais e gestores públicos franceses e brasileiros para realização de residências artísticas e de visitas técnicas aos dois países. Além disso, foram garantidos recursos financeiros franceses para a construção de um grande centro cultural numa região periférica da cidade de São Paulo.

Desde o início, desenharam-se diretrizes específicas para este projeto, a principal delas seria a de que deveria ser um espaço público que congregasse a fruição e a formação cultural. A parte de formação deveria ser estruturada, entre outras formas mais livres, a partir da oferta de educação técnica e profissionalizante em áreas relacionadas à economia da cultura por meio de cursos modulares de formação inicial e continuada.

A partir de 2009 inicio-se a construção predial do propriamente dita do Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes. A obra foi majoritariamente custeada pela Secretaria Municipal de Cultura (R$ 18 milhões), mas também contou com o aporte do governo do Estado de São Paulo (R$ 3 milhões) e uma doação do governo da região de Île-de-France, França (R$ 800 mil).

Data de Projeto: Junho, 2009

Data de Conclusão: Dezembro, 2012

2004 – No ano de 2004 foi assinado um convênio com o governo da região de Île-de-France que previa recursos para a execução de termos de cooperação técnica nas áreas da saúde, desenvolvimento econômico e social e na área cultural.

2005 – A partir de 2005 deu-se continuidade ao convênio em todas suas vertentes, incluindo-se a modalidade específica na área da cultura. Foram garantidos recursos financeiros franceses para a construção de um grande centro cultural numa região periférica da cidade de São Paulo.

2006 –  Em 2006 foi firmado um acordo de cooperação entre a Prefeitura de São Paulo e o Governo da  Île-de-France, parcerias para execução de quatro projetos na Cidade de São Paulo nas áreas de saúde, Fundo de Crédito Popular e cultura, o acordo visava a construção de um centro cultural na periferia de São Paulo, o bairro escolhido foi o de Cidade Tiradentes, o projeto foi custeado pela Prefeitura de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo e Governo da Região de Île-de-France, a iniciativa fortaleceu a ideia de descentralização da cultura, política pública adotada há anos na França e vem sendo aplicada  também na Cidade de São Paulo. O Centro de Formação cultural Cidade Tiradentes além de ser fruto do acordo com a França também foi um pedido dos próprios moradores, pelo histórico de vulnerabilidade social.

2009 – O projeto que previa área de 3.000 m2 vai para 7.000 m2 e o investimento sobre de R$ 8,25 milhões para 15 milhões.