“I SEMANA DE CULTURAS NEGRAS DE SÃO PAULO” (17 à 26 DE NOVEMBRO)

 

“I SEMANA DE CULTURAS NEGRAS DE SÃO PAULO” (17 à 26 DE NOVEMBRO)

APRESENTAÇÃO

“I Semana de CulturaS NegraS de São Paulo”

“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião.

Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.”

                                                                                                                                                                    (Nelson Mandela)

 

Será que conseguimos conscientemente captar que, o que muitas vezes distancia as pessoas quando a diferença está na cor da pele ou na cultura dita “diferente”são

construções históricas estereotipadas que foram criadas, recontadas e alimentadas pelas pessoas e grupos detentores de um tipo de poder?

Provavelmente não. O que vem à cabeça são construções já idealizadas e formatadas a respeito do outro, o “diferente” que passa a ser qualificado como inferior.

O que de fato distância as pessoas, muitas vezes não é nada de concreto e objetivo, são “simplesmente” histórias racistas criadas que são perpetuadas até hoje.

Uma das formas mais eficazes de retirarmos a carga de valor que desqualifica, ou modificarmos esses estereótipos construídos é trazer para a reflexão a fala,

o ponto de vista dos que foram silenciados durante toda a História.

As artes através da cultura têm sido um meio onde artistas de diferentes linguagens têm compreendido esse espaço para a desconstrução e retirada dos estereótipos e

para a construção de uma identidade. Compreendendo que para a desconstrução de estereótipos é preciso não uma, mas múltiplaS identidadeS que convergem em um ponto.

Pensando justamente nisso, os equipamentos públicos de cultura da cidade de São Paulo, propõem a ampliação dessa reflexão na  “I Semana de CulturaS NegraS de São Paulo”.

Uma grande e importante Mostra, que se apresenta nas urgências das sociedades contemporâneas em tornar visível, garantir espaços à pessoas negras.

Uma reflexão acerca das questões que não dizem respeito apenas às pessoas negras, mas à toda sociedade.
A “I Semana de CulturaS NegraS de São Paulo” tem por objetivo reconhecer, valorizar e difundir essa produção cultural, reunindo artistas de diferentes linguagens e poéticas,

coletivos de cada território, compartilhando suas experiências e apresentando essa diversidade cultural. Tendo como horizonte a valorização das identidades e combate ao racismo.  

 

PROGRAMAÇÃO

17/11- Sexta
10h às 17h- CFCCT – Abertura da Exposição: Marias de Cidade Tiradentes
14h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Contação de história – Brincadeiras Cantadas
20h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Música Junior Meireles
18/11 – Sábado

 9h às 17h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Tambores e Berimbaus: Encontro de Cultura Popular e Capoeira

14h – Teatro Flavio Império –  Roda de Conversa com Núcleo de Consciência Negra
17h – Teatro Flavio Império – Música e Literatura  – Bia Doxum e Jade Quebra – Música- Mestre Lumumba e Band’Erê
20h – Centro Cultural da Penha – Circuito Municipal de Cultura apresenta – Orquestra Brasileira de Música Jamaicana (Circuito)
19/11 – Domingo
9h às 16h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Estação Hip Hop – Exposição de Bombox; Graffiti ao vivo; Batalhas e shows de BeatBox; Palestra sobre prevenção de lesões no Breaking; Batalhas show de Power Move; DJ MF e Workshop BeatBox.
11h – CFCCT –  Contação de história: Afro história
14h – Centro Cultural da Penha – Roda de Conversa de Mulheres Imigrantes
14h – Teatro Flavio Império – Exibição do filme “Um Salve Doutor”

15h – Centro Cultural da Penha – Dublec Dublim – Samba Rock Patrimônio imaterial

17h- Teatro Flavio Império – Show + Poesia – Gabi Nyarai e Mariana Felix 17h
15h- CFCCT – Baile Nostalgia com Adriana Guedes
20/11 – segunda
09h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Criança negra na escola: a participação das famílias na conquista da igualdade racial
16h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – breaking e B. Boys. – Apresentações B. Boys remetendo às origens da cultura Hip Hop
21/11 – Terça – 10h30 – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Pequenos Sonhos das Folhas Vermelhas
12h às 18h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Luderê para Bebês: Instalação – espaço afro lúdico
18h30 – Centro Cultural da Penha – Cozinhando Música
22/11- Quarta
16h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Episódio II: Mileke entre Pedras e Piercings – ensaio aberto
18h – CFCCT – Debate Sobre Tradição Oral Africana
23/11 – Quinta
16h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Cena “Mãe Preta”
20h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Episódio I: Uenda – Congembo (morte)
24/11 – sexta
14h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Brincadeiras Cantadas – contação de histórias
19h – CFCCT – Literatura – Slam CT edição especial de Novembro
20h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Sarau Especial – Capoeira e Literatura de Rua
25/11 – Sábado
09h às 14h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Workshop – Territórios Negros da Cidade: geografias, diásporas e saberes negros
14h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Palestra com autor da exposição fotográfica “Negra devoção”
16h30 – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Dança Nômades Viajantes: Do asfalto para os palcos
20h – Centro Cultural da Penha – Música – Tempos de Colheita com Marcos Munrembau – 20h
13h – CFCCT – Roda de Conversa com o Coletivo (Sob)Medidas
16h – CFCCT – Baile Black (Black Meeting)
10h – CFCCT – Simpósio Empreendedor – EmpreendTiradentes
26/11 – Domingo
15h – Centro De Culturas Negras Do Jabaquara – Negros e Alvos – A Trilha!
19h – Centro Cultural da Penha – Ôncalo & Convidados Apresentam Tim Maia