Teatro – Secretaria Municipal de Cultura apresenta: Inútil canto, inútil pranto pelos anjos caídos

Teatro – Secretaria Municipal de Cultura apresenta: Inútil canto, inútil pranto pelos anjos caídos

 

A intervenção cênica aborda o encarceramento no Brasil a partir da obra de Plínio Marcos, escrito em 1977 pelo dramaturgo, discorre a morte de detentos que se rebelaram em uma cadeia de Osasco, na grande São Paulo. Na montagem, o conto é transformado em música e cantado em coro por 19 atores e atrizes em cena, acompanhados por quatro músicos violonistas. A encenação narra através do coro, cenas, depoimentos, solos de dança, personagens e histórias de homens e mulheres que vivem ou viveram no cárcere.

 

Quando: 06/05 (domingo), às 19h

Local: Teatro – 3° Piso

Classificação: 18 anos